Negócios no espaço digital sem retorno para o Estado preocupa sector publicitário

Negócios no espaço digital sem retorno para o Estado preocupa sector publicitário

Os especialistas defendem a necessidade de se conformar o mercado publicitário nacional com as reras das empresas do ramo digital, sendo necessário, por exemplo, que Angola olhe para as regras da google para que seja possível enquadra-las na nossa realidade para deste modo fazer melhor . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta