“O desconfiado está vivo, o confiado está morto”

Hernâni Santana disse que, no exercício das suas funções, alertou pessoalmente ao então governador, Valter Filipe, sobre as suas reservas em relação ao primeiro acordo que seria celebrado entre o banco central e a Mais Financial Service (orçado em mais de 24 milhões . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta