O editorial :Maus e bem pagos

Os gabinetes de comunicação de instituições públicas, fez-se um grande alarido na altura, passaram a ser conduzidos por pessoas formadas, devidamente treinadas, etc. Uma prova do quão mal vai a formação neste país. Pelo menos para muitos dos . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta