Oito funcionários da Vale foram presos em investigação sobre “homicídio” em Brumadinho

Oito funcionários da Vale foram presos em investigação sobre “homicídio” em Brumadinho

Oito funcionários da mineradora Vale foram presos nesta Sexta-feira devido a “fundadas razões de autoria ou participação dos investigados na prática de centenas de crimes de homicídio qualificado”, após a tragédia de Brumadinho (MG), informou o Ministério Público do Estado de Minas Gerais. Foram decretadas prisões temporárias, pelo prazo de 30 dias, de quatro gerentes da Vale, sendo dois deles executivos e outros quatro integrantes das respectivas equipas técnicas.


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta