“Pastilha elástica” com seis mil anos ainda conserva o ADN da jovem que a mastigou

“Pastilha elástica” com seis mil anos ainda conserva o ADN da jovem que a mastigou

Um grupo de cientistas dinamarqueses conseguiu extrair ADN de uma “pastilha elástica” com seis mil anos, permitindo perceber como era a jovem que a mastigou. De acordo com os investigadores, citados pela BBC, é a primeira vez que se extraiu um genoma humano de algo que não seja um . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta