Piloto da TAP forçou escala em Ponta Negra

Piloto da TAP forçou escala em Ponta Negra

A decisão de aterrar o avião da TAP que fazia um vôo Lisboa- Luanda na cidade congolesa de Ponta Negra, no último Sábado (12 de Janeiro), por causa da saída de Luanda do vôo onde viajava o Presidente angolano, João Lourenço, com destino ao Dubai, “coube inteiramente ao comandante” daquela companhia portuguesa, soube a Angop.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta