Angola aborda estratégia do mandato com embaixadores dos países da SADC acreditados em França

Angola aborda estratégia do mandato com  embaixadores dos países da SADC acreditados em França

A reunião surge na sequência da Presidência de Angola na Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC), tendo os embaixadores dos países-membros acreditados em França juntando-se para partilhar as prioridades do mandato de Angola junto dos pares da região

A reunião conduzida pela embaixadora de Angola em França, Guilhermina Prata, objectivou a partilha das prioridades do mandato de Angola junto dos pares da região, destacando o compromisso com o desenvolvimento industrial, a segurança regional, a consolidação da democracia e a auto-suficiência alimentar, como pilares anunciados pelo Presidente da República, João Lourenço, aquando da sua tomada de posse em Agosto na cidade de Luanda, entre outras questões de relevância.

Na abertura da reunião, a embaixadora Guilhermina Prata apresentou as condolências à família do falecido Presidente Hage Geingob, ao povo namibiano pela perda do seu líder e fez um minuto de silêncio em sua memória. Durante o encontro, foram discutidos temas como a segurança no Norte de Moçambique, as eleições na República Democrática do Congo, entre outros temas da sub-região.

“Destacando a importância da cooperação regional, os embaixadores enfatizaram a necessidade de sensibilizar as autoridades da União Europeia e dos Estadosmembros para as questões cruciais enfrentadas pela região austral da África”, lê-se numa nota a que OPAÍS teve acesso. O documento refere que a iniciativa visou promover uma maior integração e diálogo entre os países-membros, buscando encontrar soluções conjuntas para desafios comuns.

Os embaixadores expressaram apoio à proposta da embaixadora Prata, em realizar encontros regulares para discutir questões multilaterais e fortalecer a cooperação entre os países da SADC. Além disso, foi discutida a comemoração do 23 de Março, Dia da Libertação da África Austral, tendo a embaixadora de Angola apresentado uma proposta para a celebração da data de forma conjunta, enfatizando a importância histórica e cultural do evento.

No encerramento, a embaixadora Guilhermina Prata agradeceu a participação de todos os presentes, destacando a importância do diálogo e da colaboração para o sucesso dos objectivos comuns da SADC. “Este encontro representa um passo significativo na promoção da unidade e cooperação entre os países da SADC, demonstrando o compromisso contínuo com o desenvolvimento e a estabilidade da sub-região”, realça o documento.

O encontro contou com a presença dos representantes de diversos países-membros, nomeadamente de Nathi Mthethwa (embaixador da África do Sul), Mustaq Moorad (embaixador do Botswana), Olivier Rajohnson (embaixador da República do Madagáscar), Vijanen Valaydon (embaixador das Ilhas Maurícias), Judith Milena (embaixadora da Zâmbia), Alberto Augusto (embaixador de Moçambique), Georges Tirant (embaixador das Ilhas Seychelles), Abigail Shoniwa (embauxadora do Zimbabwe), bem como a encarregada de negócios da República da Namíbia, Edna Stanley.