Centrais Sindicais analisam na próxima semana intenção de greve geral

Centrais Sindicais analisam na próxima semana intenção de greve geral

As Centrais Sindicais (UNTA-CS, CGSILA e a FSA-CS) em nome das associações filiadas convocam a realização de assembleias gerais de trabalhadores em todo o país, para o próximo dia 24 de Fevereiro, com vista a passagem de informações sobre o processo negocial com o Executivo, soube o OPAÍS através de uma nota.

O documento faz referência que a proposta de trabalho além da questão da negociação, vai, igualmente, abordar a resolução de adesão à greve (recolha de assinaturas), no quadro do que a Constituição da República garante nos artigos 50º e 51ª, a Liberdade Sindical e o Direito à Greve e a Lei nº 23/91 de 15 de Junho, Lei da Greve.

As três Centrais Sindicais em Angola ponderam o anúncio de uma greve geral em Março deste ano.

Em causa, a UNTA-Confederação Sindical, a CGSILA e a Força Sindical colocam a melhoria salarial e as condições dos trabalhadores.

Os responsáveis das três Centrais Sindicais de Angola querem que o salário mínimo nacional passe de 38 mil para 250 mil kwanzas.

Por outro lado, queixam-se que o Executivo não aceita negociar uma possível redução do Imposto sobre o Rendimento de Trabalho (IRT) de 10 por centro.

De recordar que, recentemente, o porta-voz da Comissão Negociadora com o Governo sobre o caderno reivindicativo, Francisco Jacinto, havia anunciado esta reunião para o dia 15, mas esta passou para o dia 24, devendo acontecer em simultâneo pelo país, as assembleias de trabalhadores para a recolha de assinaturas para avançar ou não com a greve geral.