PAN aborda com líder da UNITA situação do Parlamento Pan-Africano

PAN aborda  com líder  da UNITA situação do  Parlamento  Pan-Africano

A presidente da Assembleia Nacional (AN), Carolina Cerqueira, abordou essa Quarta-feira, em Luanda, com o deputado e presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, aspectos relativos aos desafios do Parlamento Pan-Africano (PAP) Na qualidade de membro do PAP, Adalberto da Costa Júnior informou à líder do poder legislativo sobre a situação que o órgão da União Africana (UA) atravessa actualmente. A complexidade do Parlamento Pan-Africano requerer, dos seus membros, uma visão holística e comprometida com os objectivos da organização regional.

Durante o encontro, Adalberto Costa Júnior referiu-se aos esforços que estão a ser desenvolvidos para uma solução da crise de liderança existente e o resgate dos valores e princípios que ditaram a criação do hemiciclo. Adalberto Costa Júnior aproveitou a ocasião para solicitar à Presidente da AN que advogasse a retomada da concertação e do diálogo sobre questões de interesse nacional, entre os partidos políticos com assento parlamentar.

Assistiram à audiência o primeiro-secretário de Mesa, Manuel Dembo, e o director de Gabinete da Presidente da Assembleia Nacional, Benvindo Correia. O Parlamento Pan-Africano é o órgão legislativo da UA inaugurado em Março de 2004 e que tem a sua sede em Midrand, África do Sul. Angola está representada por cinco deputados, três do MPLA e dois da UNITA, sendo o Grupo Nacional do PAP coordenado pelo deputado Manuel Augusto.

O PAP, sigla inglesa pela qual é mais conhecido, foi estabelecido pelos Chefes de Estado africanos em 2004 como Órgão Legislativo da UA, integra cinco deputados de cada um dos cinquenta e cinco Estados membros da Organização. Este Parlamento funciona em sessões plenárias e reuniões dos Comités Especializados, para além de realizar outras missões como a observação eleitoral.