Secretário-geral da FNLA desmente processo na PGR por descaminho de 250 milhões de Kwanzas

Secretário-geral da FNLA desmente processo na PGR por descaminho de 250 milhões de Kwanzas

O secretário-geral (suspenso) da FNLA, Pedro Dala Mucumbi, desmentiu ter desviado 250 milhões de Kwanzas, subtraídos das quotizações dos comissários eleitorais, deste partido, entre 2014 e 2019, que terá culminado com um processo na Procuradoria-Geral da República (PGR).

O responsável reagia às acusações contra si, feitas por Tristão Ernesto, ex-comissário junto da Comissão Nacional Eleitoral (CNE), numa conferência de imprensa, realizada nesta Quarta-feira, 21, por um grupo de membros do Comité Central (CC), liderado por Ndonda Nzinga.

Em declarações a OPAÍS, Pedro Dala considerou-as de gratuitas e visam, somente, manchar a sua imagem e impedi-lo de concorrer à liderança do partido no V congresso ordinário, previsto para o próximo ano.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.