Ponto de reencontros

Ponto de reencontros

Quando aterrou no Huambo, ontem, por volta das sete horas da da manhã, o nosso Guilherme Galiano queixava-se dos trezes graus centígrados anunciados pelo piloto. Mas estava rodeado de gente conhecida, colegas, sobretudo. Ía para a inauguração do Xyami no Huambo. Uma . . .


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta