População de Benguela corre risco de exposição a químicos nocivos

População de Benguela corre risco de exposição a químicos nocivos

A nova luta dos benguelenses não é para ser levada de ânimo leve, pois que, agora, estão condenados a lutar pela saúde do ar que respiram, da água que bebem e dos hortícolas que ingerem. Tudo porque, entre a zona agrícola do Rio Cavaco e o . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta