Presidente do CNJ defende revisão da reforma educativa

Presidente do CNJ defende revisão da reforma educativa

Durante o acto central do Dia da Juventude Angolana, que hoje se assinala, João Mateus disse ser necessário proceder ao levantamento real das escolas inoperantes em todo o país e às condições que atendam ao isolamento dos professores.

Considerou fundamental alargar o número de escolas . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta