Prorrogadas cercas sanitárias em Luanda e em Ndalatando. Prevaricação pode custar de Kz 5 mil a Kz 250 mil

Prorrogadas cercas sanitárias em Luanda e em Ndalatando. Prevaricação pode custar de Kz 5 mil a Kz 250 mil

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, anunciou, ontem, em conferência de imprensa, em Luanda, que as cercas sanitárias nas províncias de Luanda e do Cuanza-Norte vão continuar at . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta