Reconciliação em Angola assenta em experiências “bem sucedidas”

ANGOP

Francisco Queirós discursava na cerimónia de empossamento dos membros do grupo técnico-científico da comissão para a implementação do Plano de Reconciliação em Memória das Vítimas dos Conflitos Políticos, cujo coordenador é o historiador Cornélio Caley, O . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta