“safem-se”!

“safem-se”!

Não o disseram com estas palavras, mas também não é difícil espremer tudo o que disseram e o que não disseram para obtermos isto mesmo: “safem-se”. De repente, as vítimas de assaltos afinal são as culpadas, por andarem com dinheiro, já só falta . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta