Salve-se quem puder

Salve-se quem puder

É ponto assente, começa a desenhar-se um novo figurino sobre o posicionamento dos países face à pandemia que assola o mundo. Passados quase seis meses, cada Estado é obrigado a engendrar estratégias e métodos, amenizar e a controlar a persistência da prolifera . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta