Segurança morto no posto em que trabalhava pela primeira vez

Segurança morto no posto em que trabalhava pela primeira vez

Cipriano Francisco, de 27 anos, que exercia a profissão de segurança, na empresa TDYF, foi morto à facada por três marginais que lhe roubaram a arma de fogo. Cipriano garantia a segurança de um restaurante quando foi surpreendido pelos marginais, no bairro Ondjo Yetu, em Luanda . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta