Sim, estou no quê …

Sim, estou no quê …

Felizmente, as autoridades angolanas se deram conta da necessidade de números de apoio para pessoas aflitas. Se vejo uma criança a ser barbaramente espancada, por exemplo, posso ligar para determinado número e fazer a denúncia, assim como posso denunciar casos de . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta