Alunos testados satisfeitos com os resultados e prometem reforçar as medidas de biossegurança

Alunos testados satisfeitos com os resultados e prometem reforçar as medidas de biossegurança

Em entrevista exclusiva a OPAÍS, ontem, na Escola Trabalho e Luta, a aluna Cândida Zumbuca de 12 anos, estudante da 6ª classe, disse que inicialmente teve medo de fazer o teste, mas com o seu resultado negativo sente-se melhor, uma vez que doença é muito perigosa e deve-se cuidar para não ficar contaminada.

Entretanto, prometeu continuar a manter as medidas de biossegurança, como o distanciamento físico, a lavagem frequentemente das mãos com água e sabão, bem como desinfectar com álcool e gel para continuar bem.

Luís Pedro, também aluno da 6ª classe da Escola Trabalho e Luta, disse estar feliz com o começo das aulas, mas apesar da saudade que tinha dos colegas e professores…

 

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.
Faça já a sua subscrição!
Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.