Chuva desaloja mais de 400 famílias na Lunda Norte

Chuva desaloja mais de 400 famílias na Lunda Norte

Quatrocentas e quarenta e uma famílias ficaram desalojadas devido ao desabamento das suas residências, em consequência das chuvas que se abatem na província da Lunda Norte.

A informação foi prestada essa Segunda-feira, no Dundo, pelo comandante provincial dos Serviços de Protecção Civil e Bombeiros na Lunda Norte, Domingos Alberto, sublinhando que as vítimas das chuvas foram acolhidas pelas distintas administrações municipais e familiares.

Em declarações à imprensa, a propósito das consequências das chuvas na circunscrição, o oficial sublinhou que as residências cederam à pressão das águas porque as casas foram construídas em zonas de risco.

Sem revelar números, assegurou que algumas famílias já receberam apoios das autoridades locais para a construção de novas residências e em locais seguros.

Por outro lado, fez saber que desde o início da época chuvosa (Outubro), a instituição registou 68 afogamentos e 17 deslizamentos de terra.

91 Incêndios e 37 enforcamentos. Disse que os sinistros afectaram 216 pessoas, sendo 130 mortos e 86 feridos.

Apelou à população a redobrar as medidas de prevenção contra o incêndio, sobretudo na quadra festiva e a evitarem construções em zonas de risco, com vista a salvaguardar as suas vidas.