Detida pastora por burla aos crentes

Detida pastora por burla aos crentes

A pastora cobrava dinheiro aos crentes para serem inseridos na Caixa Social das FAA. O Serviço de Investigação Criminal em Malanje deteve em flagrante delito, no município sede, no dia 24 de Setembro, no bairro da Canâmbua, a postara Paulina Chapati Ferreira, de 56 anos da idade, enfermeira de profissão, implicada na prática do crime de burla.

A pastora da igreja Ministério Jesus Cura Divina Angola e militante do partido Unita, de acordo com o porta-voz do SIC-Malanje, Augusto Barros André, procedeu ao anúncio aos crentes, após a missa, de que tinha possibilidades de inserir qualquer cidadão na Caixa Social das FAA e os interessados deviam contactar-lhe na sua residência.

Os crentes deveriam se fazer acompanhar do bilhete de identidade e valores monetários que variam entre os 20 e 215 mil kwanzas, dependendo dos graus militares que quisessem ter. A sua comunicação alcançou um total de 69 cidadãos interessados, destes, alguns são efectivos da Ex- FALA.

Das contas feitas, a visada terá causado aos lesados um pre-juízo de 1.126.000.00 kz. Posto isso, os interessados, após a entrega da documentação, bem como dos valores monetários, recebiam uma declaração emitida supostamente pelo Secretariado Nacional Para Reinserção, Antigos Combatentes e Veteranos da Pátria do partido político UNITA.

“O SIC-Malanje, após tomar conhecimento dos factos, despoletou acções investigativas que culminaram com a detenção da visada, tendo sido encontrado em sua posse diversos documentos, incluindo talões de depósitos dos valores na conta bancário do senhor Adolfo Paciência, seu comparsa”, disse.