Elisa Gaspar quer levar conflito da ORMED à tribunal

Elisa Gaspar quer levar conflito da ORMED à tribunal

Dias depois de ter sido realizada uma reunião em que vários de médicos de diversas partes do país subscreveram a sua destituição do cargo, por alegada má gestão entre outros motivos, Elisa Gaspar convocou a imprensa para apresentar a sua versão dos factos.

A médica garantiu que as acusações segundo as quais desviou dinheiro da organização são falsas e que pretende levar os seus autores, integrantes do Conselho Regional Norte à Tribunal para que as provem.

Elisa Gaspar explicou que recebeu uma doação de 19 milhões de Kwanzas do Ministério da Saúde, a seu pedido, para suprir algumas das dificuldades da organização porque quando assumiu o cargo não haviam verbas. Montante este que diz ter usado para pagar os salários em atrasos dos trabalhadores administrativos, em cerca de 10 milhões de Kwanzas.

Leia mais na edição em PDF do Jornal OPais Diário.

Faça já a sua subscrição!

Envie um e-mail para info@opais.co.ao e tenha acesso à todas as notícias na íntegra.