Mais de quatro mil litros de combustíveis apreendidos na fronteira

Mais de quatro mil litros de combustíveis apreendidos na fronteira

Quatro mil e sete litros de combustíveis, que seriam comercializados na República da Namíbia, foram apreendidos esta semana, pela Polícia Nacional na província do Cunene

Do combustível, 3 mil e 387 litros são de gasolina e 620 de gasóleo, informou esse Domingo, o director de Comunicação Institucional e Imprensa do Comando da Polícia Nacional no Cunene, superintendente-chefe Nicolau Tuvecalela.

Em declaração à ANGOP, Nicolau Tuvecalela disse que estes resultados do combate contra o contrabando de combustível na região é fruto das acções operativas que envolvem os órgãos de defesa e segurança.

Referiu que os contrabandistas adquirem o produto nas bombas de combustível, em Ondjiva e Santa Clara, e usam vias ilegais para revenderem no território namibiano, a um preço mais alto, em relação ao praticado em Angola.

Esclareceu que normalmente o combustível é acondicionado em bidões de 25, 30 e 200 litros, e outros optam em colocar nos depósitos adaptados de viaturas.

O oficial assegurou o contínuo reforço dos mecanismos de combate ao contrabando de combustível, ao longo da fronteira, visando combater tais práticas.

Fez saber ainda que, ao longo do período, foram registadas 122 violações de fronteiras, sendo 53 por saída e 69 por entrada, que resultaram na retenção de 866 cidadãos nacionais.

Por outro, informou que foram detidos dois cidadãos de 43 e 20 anos de idade, por violação sexual de menores de cinco e 14 anos, em Ondjiva e na comuna do Chiedi, município de Namacunde.

A província do Cunene partilha 460 quilómetros de fronteira com a República da Namíbia, destes 340 terrestres e 120 fluviais.