USP domina incêndio em estaleiro que contém ravina do Museu das Forças Armadas

A empresa chinesa que está a cuidar das obras de contenção das ravinas à volta do Museu das Forças Armadas viu o seu estaleiro incendiar, o que provocou a destruição de quatro naves.

O incêndio foi contido pela intervenção da Unidade de Segurança Presidencial(USP), que mobilizou três viaturas de extinção de incêndios.

Na sequência, o Serviço de Protecção Civil e Bombeiros acabou por extinguir o fogo.

De referir que, além das quatro naves, 16 dormitórios ficaram igualmente destruídos bem como uma cozinha e o refeitório, sem, no entanto, se registar qualquer vítima.