“Somos obrigados a nos limitar ao valor que recebemos para fazermos coisas muito pequenas”

“Somos obrigados a nos limitar ao valor que recebemos para fazermos coisas muito pequenas”

Após três anos, a União dos Escritores Angolanos volta a beneficiar de financiamento do Ministério da Cultura, Turismo e Ambiente para a gestão de actividades, desde Janeiro do ano em curso. O secretário-geral da União dos Escritores Angolanos, David Capelenguela, reconduzido . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta