Suu Kyi: o caso de genocídio aberto pela Gâmbia na Corte Mundial é “enganoso”

Suu Kyi: o caso de genocídio aberto pela Gâmbia na Corte Mundial é “enganoso”

Na abertura da defesa do seu país na Corte Mundial por acusação de genocídio, o líder de Mianmar, Aung San Suu Kyi, questionou se os eventos em Rakhine poderiam se encaixar nessa descrição. Começando o seu discurso, Suu Kyi observou que várias expuls . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta