TC “acertou” ao indeferir providência cautelar da UNITA, diz jurista

TC “acertou” ao indeferir providência cautelar da UNITA, diz jurista

A providência cautelar não especificada sobre alegadas irregularidades no processo do registo eleitoral e a não publicação das listas dos cidadãos maiores registados foi interposta pela vice-presidente da UNITA, Arlete Chimbinda, e pelo presidente do Bloco Democrático (BD), Filomeno Vieira Lopes


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta