Tragédias em Angola e Vidas que a água não levou

Tragédias em Angola e Vidas que a água não levou

POR: Constantino Eduardo, em Benguela

O bebé continua a crescer saudável no ventre de Amélia Cateque, de 35 anos. Estaria melhor, senão fosse a dor que corrói profundamente a sua progenitora, pela forma abrupta com que perdeu quatro filhos, com idades que iam dos . . .


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta