Tribunal solta condicionalmente taxistas por insuficiência de provas

Tribunal solta condicionalmente taxistas por insuficiência de provas

Pelo menos 11 dos 32 taxistas que estão a ser julgados pelo Tribunal de Comarca de Luanda, acusados de vandalização de bens públicos, durante as arruaças ocorridas na capital do país, por conta da paralisação desta classe, na Segunda-feira, 10, foram restitu . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta