Tribunal Superior do Quénia adia decisão sobre lei que proíbe sexo gay até 24 de maio

Tribunal Superior do Quénia adia decisão sobre lei que proíbe sexo gay até 24 de maio

Os defensores e opositores dos direitos dos homossexuais disseram na Sexta-feira que aceitaram uma decisão da Alta Corte (Tribunal Supremo) do Quénia de adiar por mais três meses uma decisão sobre a possibilidade de derrubar uma lei da era colonial que proíbe o sexo gay.


Registe-se como Assinante ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta