Turquia diz ter mais provas sobre morte de jornalista no consulado saudita

Turquia diz ter mais provas sobre morte de jornalista no consulado saudita

O Governo turco anunciou esta Terça- feira, que algumas provas do caso do jornalista saudita Jamal Khashoggi, morto no consulado do seu país em Istambul a 2 de Outubro, ainda não foram tornadas públicas.


Registe-se ou inicie sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta