Vandalização de bens públicos foi um acto de terror e de rebelião para subverter o poder, diz João Lourenço

Vandalização de bens públicos foi um acto de terror e de rebelião para subverter o poder, diz João Lourenço

Para o Presidente da República, que falava na abertura da XI reunião do Conselho de Ministros, o que ocorreu na Segunda-feira foi um verdadeiro acto de terror, cujas impressões digitais deixadas na cena do crime são bem visíveis e facilmente reconhecidas, apontando para . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta