Zimbábue despede 211 médicos em greve, com pioria da economia

Zimbábue despede 211 médicos em greve, com pioria da economia

O Zimbábue demitiu na Sexta-feira mais de 200 médicos do sector público que estão em greve há mais de dois meses, exigindo melhores salários para se protegerem da inflação crescente

Os m . . .


Registe-se como Assinante ou inicie a sua sessão para continuar a ler este artigo.
Entrar - Criar Conta